2015, Ficção, Graphic MSP, Panini, Quadrinhos, Resenha

Penadinho: vida

Penadinho: vida, de Paulo Crumbim e Cristina Eiko

Penadinho: vida é mais uma a graphic novel do projeto Graphic MSP, em que outros artistas contam histórias dos personagens de Mauricio de Sousa, mas no estilo próprio de cada quadrinista (para saber mais sobre os projetos de homenagem aos 50 anos dos personagens de Mauricio de Sousa, veja aqui).

OBS.: Já fiz resenha das seguintes Graphic MSP (clique para ver):

Quando eu lia os quadrinhos da Turma da Mônica, adorava as historinhas de Penadinho e seus amigos. Queria que as historinhas durassem mais, mas geralmente eram curtas. Qual não foi minha empolgação quando lançaram essa HQ!

Teaser de “Penadinho: vida”

 

Os personagens originais da turma do Penadinho, no traço de Maurício de Sousa

Com o mesmo capricho das outras graphic MSP (peraí que já comento sobre a arte!), Penadinho: vida narra a aventura de Penadinho, Zé Vampir, Muminho e Frank em busca de Alminha, amor da vida morte de Penadinho, que foi sequestrada. E ainda há os agravantes: logo antes de Alminha sumir, ela e Penadinho brigam, ele nunca contou para ela que a ama, e ainda por cima, a Dona Cegonha avisa a Penadinho que Alminha vai reencarnar pela manhã. Tudo isso aumenta a dramaticidade da história e também dá um tempo-limite para que toda a ação aconteça.

Minhas principais críticas são em relação ao roteiro: o início da história achei bem lento e chatinho, mas depois ela melhora. Outra coisa, o vilão principal é um tanto quanto incompetente, pois seu plano é facilmente quebrado. E seus ajudantes são irritantes. Também achei a resolução do conflito forçada, mas não vou falar detalhadamente sobre isso, pois seria spoiler.

Mas vamos à parte boa: a arte. Como sempre, as imagens são muuuito melhores ao vivo do que aqui, pela tela do computador. Mas vou tentar mostrar um pouco do que é essa lindeza:

Penadinho, Muminho, Zé Vampir, Frank e Cranicola

Uma das coisas que mais gostei no traço é que ele varia de acordo com cada personagem: Penadinho, Zé Vampir e Frank seguem uma linha mais fofa; Cranicola, é mais realista, e Muminho, mais grotesco. Aliás, todos eles são representados de uma maneira caricatural, que combina com a história.

E, aqui, meus quadrinhos preferidos: Dona Cegonha e Dona Morte. Arrasaram.

Esse da Dona Morte é impressionante ao vivo! Notem as mandingas presas à foice! Hahaha!

Como a história toda se passa em uma noite / madrugada, os artistas tiveram que arranjar soluções para luz, e devo dizer que foram geniais nisso. Os fantasmas emitem luz própria, e possuem esse brilho azulado, e as sombras tornam a arte desses quadrinhos ainda mais bonita – talvez seja o elemento gráfico que mais tenha me agradado!

Recomendado para quem gosta de Penadinho e Maurício de Sousa, embora o roteiro deixe a desejar!

+ info:
Penadinho: vida / Paulo Crumbim, Cristina Eiko
– Barueri, SP: Panini Comics, 2015.
82 páginas.

classificação: 4 estrelas
grau de dificuldade de leitura: FACIL

Obrigada pela leitura!
Ficarei muito feliz se você deixar um comentário!
(Para fazer isso, é necessário clicar em “comentários”, um pouco abaixo do título do post. E não se esqueça de logar antes de escrever o comentário, para que ele não seja perdido.)

Se gostou da resenha, compartilhe com seus amigos!

Anúncios
Padrão

8 comentários sobre “Penadinho: vida

    • Kakaaaaaa, essas graphic MSP são muito lindas!!! Valem a pena se vc é fã da Turma da Mônica! Em geral, prefiro a arte ao roteiro, mas valem a pena sim! 😀 Minhas favoritas até agora são Piteco e Bidu!
      Beijoooooo, sua linda!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s